CDR DA UPCN - A EXPERIÊNCIA QUE VIROU SUCESSO

on .

O Escritório-Sede da UPCN-União Provincial de Camponeses de Niassa, sita nos arredores da Cidade de Lichinga, foi construído em um terreno de 60/90m, no qual decidiu-se alocar um técnico, nomeadamente, o companheiro Adriano Mussa, também Promotor de Extensão, na União Zonal de Lussanhando, para seu uso e aproveitamento, como Campo de Demonstração de Resultados e de Multiplicação de Sementes (em reforço ao Campo de Majune), para posterior distribuição pelos membros.

 

Mais de 600kg de alho

Falando ao “Boletim Informativo UNAC”, Mussa revelou que os trabalhos decorriam a bom rítmo, e que as técnicas em uso, eram as da Agricultura de Con-servação. “Antes, produziamos apenas a cebola, mas depois, fomos introduzindo outras hortícolas e cereais, com uma última colheita satisfatória, por exemplo, de alho, de mais de 600kg. Produzimos, igualmente, o milho, a batata-reno, a cebola, o alho, o tomate, o repolho, etc, etc” - disse.



 

Estudantes estagiários

Em termos de plano de curto prazo, está a inclusão da batata-doce de polpa alaranjada, a variedade calinga da batata-reno, feijões boer e cute, etc.

 

Os membros são os beneficiários primários da semente multiplicada no campo; onde inclusive estudantes realizam seus estágios, em matéria de Agricultura de Conservação.

JUVENTUDE CAMPONESA REALIZA III CONFERÊNCIA NACIONAL

on .

Teve lugar entre os dias 8 e 10 de Novembro, na Cidade da Beira, a III Conferência Nacional da Juventude Camponesa, filiada à UNAC, com a participação de: cerca de 60 jovens, entre delegados e técnicos, oriundos de todas as províncias e da UNAC-Sede. A Presidente e o Vice-Presidente da UNAC, respectivamente, Ana Paula Tauacale e Domingos Buramo, também tomaram parte.

 

Esta Conferência, na verdade, foi o culminar de 3 encontros regionais (Sul, Centro e Norte), realizados nos anos 2016 e 2017. E tinha como principal objectivo, o seguinte:

 

Objectivo Geral

Contribuir para o fortalecimento da participação da Juventude Camponesa, nas causas nacionais e do movimento; e criar um espaço de diálogo, na busca de soluções e alternativas aos vários desafios que esta enfrenta.



 

Continuadores da UNAC

Falando na Abertura Oficial da Conferência, a Presidente da UNAC, companheira Ana Paula Tauacale, deixou claro que para o movimento ao mais alto nível, os Jovens Camponeses são, sem dúvidas, os continuadores das suas lutas, e destinatários das suas conquistas.

 

Num outro desenvolvimento, Tauacale falou do historial do movimento em Moçambique, sublinhando que este ainda era jovem, com apenas 30 anos de existência, e que foi criado pelos próprios camponeses, com vista a enfrentar a situação resultante da aderência do país à economia de mercado. Recordou que foi em 1993 que a UNAC se constituiu, em 1994 que foi legalmente registada, e em 2007 que foram constituídas as Comissões de Mulheres e de jovens, do movimento, como plataformas de articulação, com vista à Missão da UNAC.

 

Apresentação de relatórios

Terminada a intervenção da Presidente da UNAC, e consertados os procedimentos inerentes ao trabalho e à convivência, seguiu-se à apresentação dos relatórios dos encontros regionais das Comissões de Jovens. Constatação geral, indicou para a elaboração de Planos de Acção, pelas Comissões Regionais que, entretanto, deviam ser implementados também pelas Comissões Provinciais das respectivas regiões.

 

Os tantos constrangimentos

Chegada a vez das Comissões Provinciais apresentarem os seus relatórios, estas foram unânimes em alistar constrangimentos, a exemplo da fraca adesão dos jovens ao movimento, fraca mobilização de fundos para a implementação de actividades ligadas aos jovens, difícil acesso a fundos públicos para projectos de geração de renda, etc.

 

As realizações

Relativamente às realizações, as Comissões Provinciais convergiram nas campanhas de sensibilização sobre o HIV/ SIDA, e nas formações em matérias de crédito e poupança rotativa, género, advocacia focada para a Lei de Terras, empoderamento da mulher, etc. Destaque-se aqui o facto da Província de Niassa ser a única que realizou o Encontro Provin-cial de Jovens, facto aplaudido e encorajado por todos.

 

Acto eleitoral

Da eleição para Presidente e Vice-Presidente da Comissão Nacional de Jovens, triunfaram os companheiros Gildo Pires e Olga Tomola, respectivamente; a quem a Presidente da UNAC exortou para uma  maior responsabilidade, no desempenho das suas funções.

CAMPONESES DE GAZA CONSTITUEM UNIÃO PROVINCIAL

on .

Nos dias 24 e 25 de Outubro, realizou-se, no Distrito de Chókwè, Província de Gaza, a Assembleia Constitutiva da UPCG-União Provincial de Camponeses de Gaza, na presença de 40 delegados, provenientes dos Distritos de Chókwè, Guijá, Mabalane, Mapai, Chicualacuala, Massingir, Xai-xai e Manjacaze. Para além dos 40 delegados, o evento contou também com a participação de convidados do Governo e de Organizações Parceiras; da Presidente do Conselho de Direcção, e de alguns companheiros do Executivo da UNAC.

 

Foi difícil, mas possível

No discurso de Abertura, a Presidente da UNAC, companheira Ana Paula Tauacale, agradeceu a presença dos delegados, dos convidados e do pessoal técnico, para depois mencionar as dificuldades encontradas no processo de constituição do Núcleo, e agora, da União Provincial de Camponeses de Gaza. Em outro desenvolvimento, Tauacale mostrou-se esperançosa no melhor desempenho dos companheiros que seriam eleitos para conduzir os destinos da Organização. “Foi difícil chegarmos aqui. Mas agora que chegamos, e testemunhamos hoje a constituição da União Provincial de Camponeses de Gaza, eu pessoalmente me sinto feliz e realizada” - disse.



 

Apreciação do relatório

Posto isto, o Vice-Presidente do Núcleo Provincial, companheiro Jaime Macuácua, apresentou o relatório das actividades desenvolvidas pelo Núcleo. De seguida, debateu-se o relatório, em plenária, e os delegados levantaram críticas, com relação a algumas imprecisões e omissões, a exemplo dos materiais doados na sequência da formação dos Promotores de Extensão Rural, a questão das quotas (colheita, aplicação e saldos), etc.

 

Plano de Actividades 17/18

Depois da aprovação, por unanimidade, do relatório, com emendas, seguiu-se à apresentação do Plano de Actividades 2017-2018, na voz do Secretário do Núcleo, o qual foi igualmente aprovado por unanimidade, consideradas algumas recomendações da Assembleia. “Aprovamos, por unanimidade, o relatório, porque acreditamos na justificação da incoerência e da omissão de informações relevantes, devidas desonestidade da Presidente do Núcleo, aquando da sua renúncia do cargo. Aprovamos o Plano, também, porque o consideramos ambicioso e bem elaborado; contudo, esperamos pela sua correcta implementação, com atenção no que concerne à divulgação do Associativismo nos distritos onde este ainda não se vive e/ou não se faz sentir”. - ajuntou um dos delegados, em anonimato.

 

Estatutos e Regulamento

Outro momento importante, foi o da apresentação, apreciação e aprovação, também com reparos, dos Estatutos e do Regulamento Interno da UPCG.

 

Momento eleitoral

Feito o discurso de despedida, pelo Vice-Presidente do Núcleo Provincial, no qual agradeceu a colaboração de todos, e exortou aos novos timoneiros a trabalhar com dedicação e respeito às directrizes aprovadas; seguiu-se ao acto eleitoral, do qual saíram confirmados os companheiros Adão Wilson Nhumaio, Adélia Zucula e Mónica Matavel, res-pectivamente, para Presidente, Vice-Presidente e Secretária da UPCG. Tomás Chunguane ganhou a Presidência da Mesa da Assembleia-geral e Diquissone Chaúque, a do Conselho Fiscal.

putlockers pulibetpulibetpulibet Antalya yat turları maltepe escort alanya escort kartal escortantalya escortpulibetpulibet