CAMPONESES DE GURÚE E MALEMA APOSTAM NA MULTIPLICAÇÃO DE SEMENTES LOCAIS

No âmbito do processo de resgate e multiplicação de sementes nativas a decorrer nos distritos de Gúruè e Malema, nas províncias da  Zambézia e Nampula, respectivamente, os camponeses das Uniões Distritais estão a produzir de forma satisfatória variedades locais ou nativas de sementes das culturas de arroz e amendoim.

Trata-se de variedades de sementes das cultura de arroz (nome local Niape) e amendoim (nome local Macafaria) produzidos localmente, como forma de garantir a soberania de sementes e alimentar à nível provincial e do  distrito. Este processo de recuperação e multiplicação de sementes nativas iniciou em  Outubro de 2021 em Gurue e em Outubro de  (2020) em Malema, e já beneficiou até o momento um total de 366 membros camponeses nos dois distritos.  

Financiado pelo parceiro Pão para o Mundo (PPM) o programa está a contribuir para o fortalecimento dos sistemas de armazenamento de sementes locais e da capacidade de auto-organização dos pequenos agricultores organizados em associações e cooperativas agrícolas com vista a independência  na gestão e conservação de sementes das variedades locais,  de modo a  garantir a  segurança e  soberania alimentar e de semente dos camponeses.

A UNAC espera  também estabelecer bancos de sementes em todos os distritos do país e reproduzir sementes a fim de reduzir a dependência no acesso as sementes.  Importa frisar que as variedades de sementes locais  garante a alimentação dos próprios camponeses e são utilizadas na estação seguinte.

Leave a reply